Agora

Agora

Pelo de rato: A proibição urgente da ANVISA contra produto popular das donas de casa e retirada de mercados

Rato, logo da Anvisa e prateleiras de mercado (Foto: Reprodução / Canva / Montagem TV Foco)
Rato, logo da Anvisa e prateleiras de mercado (Foto: Reprodução / Canva / Montagem TV Foco)

Marca usada pelas donas de casa foi retirada de mercados

Cumprindo o seu papel como órgão fiscalizador, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a proibição de produto popular das donas de casa.

De acordo com informações divulgadas pelo portal R7, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária proibiu a comercialização e distribuição da canela moída da marca Pirata e solicitou o recolhimento de um lote do produto após constatar a presença de fragmentos de insetos e de pelo de roedor.

SAIBA MAIS! “São mais de 1200 itens”: Jornal da Globo crava PROIBIÇÃO urgente da ANVISA diante de risco de cegueira

A Vilma Alimentos, além de misturas, caldos, molhos e temperos, a empresa também é consolidada na fabricação de massas, refrescos, biscoitos e achocolatados.

Porém, a empresa não está livre de ter alguns imprevistos como toda grande rede alimentícia. De acordo com decisão publicada no Diário Oficial da União do dia 13 de julho de 2022, o órgão regulador destacou que, em análise fiscal feita pela Fundação Ezequiel Dias (Funed-MG), foram encontrados seis fragmentos de insetos.

Veja também

Ocorre que isso é um indicativo de falhas de boas práticas de fabricação, onde foram encontrados quatro fragmentos de pelo de roedor e matéria estranha que indica risco para consumo, muito acima do permitido.

No texto, a Anvisa destaca que as substâncias foram encontradas em tubos de 40g do lote 549534ZS, com validade em 14/06/2023. Os fragmentos infringiram o inciso IV do art. 48 do Decreto-Lei nº 986 e art. 4º, 5º e 6º da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 623.

Anvisa proibiu venda de tempero em pó (Foto: Reprodução / Internet)
Anvisa proibiu venda de tempero em pó (Foto: Reprodução / Internet)

QUAL É A SITUAÇÃO HOJE?

A situação desta segunda-feira (29) de janeiro de 2024, é que a Vilma Alimentos emitiu um comunicado oficial em seu site, se explicando para os seus clientes e informando que a situação se enquadrou em um caso isolado.

“Recomendamos aos nossos clientes que possuam produtos dos lotes mencionados, por favor, entrem em contato imediatamente pela central de atendimento ao cliente… O recolhimento não representará nenhum custo aos clientes e consumidores destinatários desta mensagem”, garantiu a empresa.

Por fim, a Vilma Alimentos destacou que “todas as medidas cabíveis foram adotadas para garantir a segurança dos consumidores, um compromisso nosso com os nossos clientes”, concluiu o comunicado.

Por ser um caso isolado, a empresa segue em atividade produzindo produtos de alta qualidade para os seus clientes e sempre atenta e seguindo as exigências da Anvisa.

Comunicado foi publicado no site oficial da Vilma Alimentos (Foto: Reprodução / Internet)
Comunicado foi publicado no site oficial da Vilma Alimentos (Foto: Reprodução / Internet)

QUANDO A ANVISA FOI FUNDADA?

A Anvisa, órgão responsável pela averiguação de todos os produtos, desde a sua fabricação, foi fundada no dia 26 de janeiro de 1999.

🚨 Davi vai ser expulso no BBB24? + Ivete é INTERNADA + Jojo é traída e se VINGA

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Quem escreve

Diego Laureano

Sou formado em Teatro, Produção Audiovisual e Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Já atuei em emissoras de TV como Assistente de Produção e Redator em portais de entretenimento. Escrevo sobre televisão e seus bastidores, com responsabilidade, clareza, leveza e muito amor desde 2008. Mas a minha realização profissional está no Departamento de Novelas e Realities, no qual faço parte no TV Foco desde 2022. Além de Redator, atuo como Co-Apresentador das Lives do site no YouTube, às terças e sextas-feiras. Minhas redes sociais são: [email protected]