TV Foco

Retrospectiva 2017: Dez notícias que gostaríamos de dar em 2018

Confira o nosso post especial da Retrospectiva (Foto: Divulgação/Montagem)

Confira o nosso post especial da Retrospectiva (Foto: Divulgação/Montagem) 

Record “quebra” a internet ao dar comando do Dancing Brasil a cover holandesa de Xuxa

Uma figura um tanto inusitada foi destaque nos noticiários de 2017. Trata-se de Cécile Loreen, que bombou na internet ao publicar uma montagem em que se pode comprovar sua fiel semelhança com a de Xuxa em seus tempos de apresentadora infantil. A emissora poderia aproveitar a repercussão do fato na internet e fazer uma “pegadinha” com seus telespectadores dando a ela a apresentação do Dancing Brasil, de Xuxa, por alguns minutos.

Silvio Santos deixa o comando do SBT com diretores

Que Silvio Santos é o maior comunicador da TV brasileira e grande empresário, todo mundo já sabe. O dono do SBT, no entanto, vem se aventurando nos últimos anos como diretor do canal, o que vem trazendo alguns transtornos e perdas para a emissora, como a insistência em manter Dudu Camargo na grade ou a famosa “grade voadora”. Se resumir a apresentador e proprietário do canal poderia fazer bem para a marca em 2018.

Record dá liberdade a autores e para de misturar novelas com religião

2017 foi um ano trágico para a teledramaturgia da Record. Após o sucesso estrondoso de Os Dez Mandamentos, novela cujo objetivo não era doutrinar, e sim contar uma história, a emissora colocou a filha de Edir Macedo, Cristiane Cardoso, no comando das suas novelas. Como era de se esperar, a história não acabou muito bem e a nova novela da emissora teve seu texto alterado e patina na audiência. Uma maior liberdade aos autores e respeito a seus textos seria uma boa pedida para o ano que vem.

+Retrospectiva 2017: Os momentos mais inimagináveis da TV

Emissoras deixam sensacionalismo de lado e bombam aos domingos

Essa é uma das notícias mais difíceis de se concretizar, já que o famoso “choro” é uma das pautas mais preferidas dos telespectadores na TV brasileira. Mas não custa nada sonhar com o dia em que as emissoras voltarão a apostar em diversão aos domingos. E sonhar mais ainda com a boa recepção das pautas “alegres” por parte do público acostumado com mais e mais sensacionalismo.

Adnight deixa a programação da Globo

Não é novidade para ninguém que a Globo quer porque quer emplacar Marcelo Adnet em sua grade de programação. Se isso porventura vier a acontecer algum dia, não será com o Adnight, espécie de talk-show exibido nas noites do canal. A emissora bem que poderia atender a um velho clamor dos telespectadores e desistir da atração colocando algo verdadeiramente engraçado no lugar, ou até um programa mais sério.

Record e SBT investem em qualidade e se aproximam da Globo

Não é dúvida para ninguém o monopólio da Globo no Brasil quando o assunto é audiência. E não poderia ser diferente, já que o investimento em qualidade do canal também é altamente superior ao das concorrentes. Seria muito bom ver, em 2018, um maior investimento por parte de Record e SBT que fosse capaz de resultar em, pelo menos, uma maior aproximação da Globo por parte desses canais.

Record passa um ano sem alfinetar a concorrência

Certo que a Record melhorou bastante nesse quesito e não se pode comparar a situação atual com a que existia quando o canal se dizia “a caminho da liderança”. Mas a emissora continua alfinetando a Globo, mesmo que esporadicamente, como no caso da exposição Queermuseu. Não seria muito pedir para a emissora pelo menos um ano de trégua, nesse “novo tempo que começou”.

TV abre espaço para medalhões desempregados

Com a “renovação” da TV, muitos medalhões foram demitidos da televisão ao longo dos últimos anos. Jô Soares é o maior exemplo, mas existem inúmeros, principalmente no setor da teledramaturgia. Que 2018 serja um bom ano na vida desses artistas que tanto nos divertiram e entretiveram.

Globo faz Melhores do Ano com artistas de outras emissoras

A Globo vem avançando muito nos últimos anos ao dar espaço para artistas de outras emissoras. É um avanço, mas ainda é pouco, e vetos pontuais ainda acontecem. Uma ótima forma de se “redimir” nesse quesito seria permitir que artistas de outros canais participassem do troféu Melhores do Ano, exibido pelo Domingão. Até porque o nome do especial não é Melhores da Globo.

Roberto Carlos inova em especial de fim de ano

Já é regra na televisão brasileira ganharmos da Globo um especial de Roberto Carlos no Natal. Acontece que a atração vem seguindo a mesma fórmula desde que foi lançada, há algumas décadas. Uma inovação no formato do programa seria muito bem-vinda, até para atrair a nova geração de telespectadores.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

PUBLICIDADE

Comentários recentes

CONHEÇA