SBT

SBT

SBT muda às pressas, após fracasso de A Usurpadora e convoca fenômeno; saiba qual

Nova versão da Usurpadora fracassou no SBT (Foto: Reprodução / SBT)
Nova versão da Usurpadora fracassou no SBT (Foto: Reprodução / SBT)

A nova versão de A Usurpadora foi um fracasso no SBT e a equipe do canal até antecipou o fim da trama por conta disso

Depois de fracassar bonito com a nova versão de A Usurpadora, o SBT caiu na real e se deu conta que o verdadeiro atrativo da trama mexicana não é a história em si, mas sim o elenco. Dessa forma, o canal apostou no retorno de Gabriela Spanic, mas desta vez, vivendo Fedora Montenegro, na novela Se Nos Deixam.

Vale destacar que o folhetim é bastante recente e estreou no México no dia (01) de novembro, depois de ser transmitida pela Univision, nos Estados Unidos, entre junho e outubro também deste ano. Entretanto, um fato que chamou atenção foi a nova aparência da atriz, e não é por menos.

Acontece que atualmente Gabriela Spanic está com 48 anos, e tinha apenas 25 quando deu vida a Paola e Paulina Bracho em A Usurpadora.

De acordo com um comunicado oficial do SBT, Se Nos Deixam deve estrear na emissora de Silvio Santos no dia 17 de janeiro de 2022, às 18h15. De início, a novela será mais curta, já que o canal colocará no ar os capítulos finais de Te Dou a Vida.

RESUMO

Veja também

Gravada durante a pandemia de Covid-19, Se Nos Deixam retrata a história de Alice (Mayrin Villanueva), mulher de 50 anos que acredita ter uma vida perfeita ao lado do marido, o apresentador de televisão Sergio (Alexis Ayala). Mas, ela fica ciente de traições que já acorrem há anos do jornalista com Julieta (Scarlet Gruber), colega de bancada do âncora.

Assim sendo, depois ser largada pelo ‘amado’, Alice conhece Martin (Marcus Ornellas), um jornalista independente mais novo e por quem ela fica apaixonada.

Gabriela Spanic em cena de Se Nos Deixam, nova novela do SBT - Foto: Reprodução
Gabriela Spanic em cena de Se Nos Deixam, nova novela do SBT – Foto: Reprodução

 

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários