Ana Hickmann Celebridades

Ana Hickmann volta a enfrentar Justiça para novo julgamento após ter sido refém: “Difícil reviver”

Ana Hickmann (Reprodução)
Ana Hickmann (Reprodução)

Ana Hickmann volta aos tribunais para continuação do processo criminal contra seu cunhado

A apresentadora Ana Hickmann, da Record, voltará a encarar os tribunais nesta terça-feira, 10 de setembro, para o julgamento em segunda instância do cunhado, Gustavo Corrêa, que está sendo acusado de homicídio em incidente acontecido há três anos.

+A Dona do Pedaço: Obcecado, Camilo faz vida de Vivi um inferno e coloca espião dentro de sua casa

+Whindersson Nunes desabafa sobre depressão e conta detalhes aterrorizantes sobre luta contra doença

+Faustão promove Carol Nakamura como jurada técnica do Dança dos Famosos e deixa público perplexo

Para quem não lembra, em 2016, a apresentadora Ana Hickmann foi feita refém quando um ex-fã, Rodrigo Augusto de Pádua invadiu o hotel onde ela estava hospedada. Também estavam presentes Gustavo Corrêa e sua esposa, Giovana Oliveira.

No último ano, o cunhado de Ana Hickmann chegou a ser absolvido por uma juíza do Tribunal do Júri de Belo Horizonte, que entendeu o caso como legítima defesa.

No entanto, o Ministério Público de Minas Gerais recorreu à decisão da juíza por entender que o caso é na verdade um de homicídio doloso, quando há intenção de matar, já que Gustavo Corrêa deu três tiros na nuca de Rodrio Augusto de Pádua, que morreu no local.

Ana Hickmann então pediu o apoio dos fãs nesse momento difícil. “As pessoas são muito carinhosas, quero pedir para as pessoas rezarem por nossa família, para que o resultado seja igual ao primeiro julgamento. Eu acredito na justiça, amanhã se deus quiser a gente põe um ponto final nessa história toda”, disse a contratada da Record.

Ao TV Fama, Ana revelou seu descontentamento com o procedimento e enfatizou que a ação de Gustavo foi resultado da invasão feita por Rodrigo. “A gente acredita na justiça. Continuo acreditando que nós somos inocentes, meu cunhado é inocente. Para mim até hoje ainda é muito difícil de entender porque esse promotor insiste em fazer isso com a gente. Estamos unidos e eu tenho certeza que a gente vai sair de lá do mesmo jeito que saímos da primeira audiência. Na minha família não existe bandido, na minha família não tem ninguém de má índole, somos família de bem, de trabalhadores e o meu cunhado, meu irmão, me defendeu, defendeu a minha cunhada, defendeu a própria vida e é por isso que vamos continuar juntos”.

Questionada, a apresentadora disse que esse novo julgamento não deixou mágoas, mas sim uma tristeza entre toda a família.

“Muito difícil de acreditar que alguém tenha coragem de olhar para pessoas que foram vítimas e dizer que a gente que é o bandido. Os papeis se invertem, isso não está certo, isso entristece demais e continua mexendo em uma ferida que fez muito mal e que a gente até hoje trabalha para superar. Sinto muito, mas a gente nunca pediu para ninguém entrar no quarto, fazer roleta russa na minha cabeça e muito menos atirar contra a nossa própria família. O que aconteceu lá foi exatamente o que a gente já deixou bem claro: a gente foi defender a própria vida. Eu espero muito que no dia 10 de setembro isso tudo acabe de uma vez por todas”, disparou a apresentadora da Record.

Gustavo Corrêa, cunhado de Ana Hickmann (Reprodução)
Gustavo Corrêa, cunhado de Ana Hickmann (Reprodução)

TV Foco no Youtube

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO