X

Carla Vilhena, fora da Globo, diz o que pensa, detona até o funk e é escorraçada pelo público: “Preconceituosa”

A jornalista Carla Vilhena (Foto: Reprodução/TV Globo)

A apresentadora Carla Vilhena, que pediu demissão da Rede Globo em 2018 após 20 anos na emissora, surpreendeu ao desabafar sobre o funk nesta segunda-feira, 24 de junho.

Em seu perfil oficial no Twitter, Carla Vilhena falou sobre um baile funk que acontecia perto de sua casa e foi chamada de preconceituosa, gerando polêmica.

+Scheila Mello é chamada de prostituta, ex-marido sai em defesa e dançarina se manifesta após ataques

+Anitta é acusada de rejeitar fãs, imagens viralizam e cantora se manifesta após críticas: “Desisto”

+Gracyanne Barbosa abusa de ousadia, surge completamente nua e escancara partes íntimas

“Inferno nos ouvidos, baile funk a todo volume. E quem tem que acordar cedo? Bem, pra que se preocupar com os trabalhadores, o bom mesmo é a tal ‘manifestação cultural’, que é como essa porcaria é chamada pelos pseudointelectuais”, disparou Carla Vilhena.

+Thais Fersoza se pronuncia sobre ‘família perfeita’ com Michel Teló, entrega bastidores e deixa público perplexo

A jornalista não parou por aí e continuou: “O funk pornô está a serviço do tráfico de drogas. E dominou as comunidades pois traz a conveniente alienação dos jovens, contrariamente ao rap, que fazia pensar”, escreveu.

“O funk de podridão estimula um comportamento tão baixo dos jovens, que muitos só conseguem fazer aquilo sob efeito de drogas. Rap conscientiza, funk aliena. Por isso o tráfico baniu o rap”, completou Carla Vilhena.

Não demorou muito para que o desabafo de Carla Vilhena repercutisse nas redes sociais. A jornalista foi duramente criticada por internautas por sua posição com relação ao funk.

+Pabllo Vittar sensualiza de fio dental, surge com mini tapa-sexo e ‘volume’ deixa público perplexo

+Ludmilla rebate crítica de Boninho ao vivo, humilha o diretor e causa climão no Show dos Famosos

Carla Vilhena era contratada da Globo (Foto reprodução)

“Você não entende nem de tráfico, nem de rap , nem de comportamento, nem de jovem, nem de consciência, nem de alienação, nem de pensamento!”, escreveu um.

“A pessoa não pode reclamar do barulho e de ter seu legítimo sossego perturbado apenas, tem que cag*r seus preconceitos pela boca”, afirmou outro sobre o comentário de Carla Vilhena.

A jornalista, por sua vez, decidiu se manifestar e respondeu: “Acredito que você esteja se referindo à ‘música’ e ao pretenso ‘cantor’ quando fala em defecar pela boca. Perfeita definição. Desculpe apenas não usar o mesmo termo que você usou para ‘defecar’. Sou um tanto preconceituosa contra a baixaria”, rebateu Carla.

+Marília Mendonça muda de vida completamente após gravidez não planejada e faz desabafo emocionante

Finalizando a discussão, Carla Vilhena abusou da ironia e disse: “Minha mãe diz: ‘detesto aqueles funks que dizem pra balançar a bundinha’. Balançar a bundinha? Mamys deve ter ouvido a festa junina da Emei.”

Quer saber mais notícias? Acompanhe Raquel Souza no Instagram clicando aqui!

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.
Disqus Comments Loading...