Globo

Luciano Huck e Globo são condenados e processados por mulher, que diz ter sido enganada e expõe farsa do programa

O apresentador Luciano Huck, da Globo - Foto: Reprodução
O apresentador Luciano Huck, da Globo – Foto: Reprodução

Luciano Huck e Globo receberam processo na Justiça

A Globo acabou se dando mal em uma ação na Justiça envolvendo o programa Caldeirão do Huck, comandado pelo apresentador Luciano Huck aos sábados.

Tudo porque a Justiça condenou a Globo a pagar uma indenização no valor de 30 mil reais, além de mais um salário de 1,9 mil reais, para a a manicure Vânia Ibraim de Oliveira, que participou de um quadro do Caldeirão do Huck, mas não recebeu todos os prêmios que foram prometidos.

+Chris Flores se descontrola ao vivo, expõe detalhes estarrecedores de agressão e desaba: “Já fui”

A manicure em questão esteve no programa de Luciano Huck em 2012. Na época, ela participou do quadro Mandando Bem e abriu um processo contra a Globo alegando não ter recebido todos os prêmios.

Quando a manicure participou do programa, Luciano Huck a apresentou ao público: “Vânia Ibraim é nascida na favela da Maré e criou os seus dois filhos fazendo unha. Ela tem um espírito empreendedor muito claro. Ela conseguiu, com muito esforço, comprar uma moto e já estava na terceira moto. As motos estavam quebrando de tanto que ela rodava a cidade do Rio de Janeiro. Era um serviço de manicure express. A Vânia escreveu pro Mandando Bem, eu peguei a moto e prometi que, se ela se transformasse numa empreendedora estudando e entendendo o mercado, eu iria transformar a moto dela nos prêmios que ela receberá hoje”, disse ele.

+Paola Carosella anuncia demissão da Band, joga verdade no ventilador e motivo é escancarado: “Não é lugar”

No entanto, a manicure deveria ganhar uma moto reformada e mais outras duas motos novas. Além disso, ela também iria ganhar um salário enquanto ainda estivesse em treinamento de empreendedorismo. E não parava por aí! A atração de Luciano Huck na Globo ainda prometeu um capital de giro no valor de 30 mil reais, um veículo da marca Saveiro, dois laptops, trailer itinerante como locação para atendimento de clientes, abertura da empresa e obtenção das licenças necessárias para colocá-la em uso e a elaboração de um site da marca com toda a identidade visual da empresa.

Vânia entrou com uma ação e alegou não ter recebido dois dos prêmios entregues. A Globo perdeu a ação em primeira instância e ainda recorreu, alegando que “todas as obrigações firmadas teriam sido cumpridas”. A emissora afirmou que “o trailer já estava à disposição, mas Vânia não o retirou; que a constituição e a regularização da empresa seriam de responsabilidade da participante; que teria ocorrido erro da manicure quanto à declaração do Imposto de Renda; e que não haveria danos materiais ou morais”.

Manicure processou Globo (Foto: Divulgação)

Justiça condena

+Bial, após ser tirado do ar e derrubado por substituto, faz pronunciamento com realidade: “Paremos de dar palco”

Mas, não teve jeito e a Justiça condenou a Globo. “forçoso concluir que os termos do contrato devem levar em conta, também, o que foi prometido em cadeia nacional de televisão, tanto pela credibilidade que ostenta o veículo de comunicação envolvido, como pelo fato de que a participante é uma pessoa humilde, com clara hipossuficiência econômica e de conhecimentos sobre o que iria ser alterado em sua vida”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.