Celebridades Neymar

Mulher que acusou Neymar de estupro passa do limite e revela vontade: “Devia ter matado ele”

Neymar (Foto: AgNews)
Neymar (Foto: AgNews)

O advogado que representava a mulher que acusa Neymar Jr. de estupro, José Edgard da Cunha Bueno Filho, se pronunciou sobre ter deixado o caso e explicou os motivos que o fizeram tomar a importante decisão. O profissional alegou que a suposta vítima está completamente desequilibrada, de acordo com entrevista ao programa “A Tarde é Sua”, da RedeTV!.

+ Evaristo Costa debocha da Globo e comemora contratação em grande emissora: “Maior do mundo”

+ Globo comete erro de português grotesco em jornal e passa vergonha: “Que várzea essa emissora”

+ Marido de Kelly Key, Mico Freitas ataca Latino ao falar sobre a filha do cantor: “A figura de pai era eu”

Segundo o advogado, a mulher começou a ficar abalada emocionalmente, começou a ter trocas de mensagens mais ríspidas e duvidou da idoneidade do profissional e foi aí que a renúncia aconteceu. Nas conversas divulgadas pelo “Jornal Nacional”, da TV Globo, na última segunda-feira (3), ela afirma categoricamente que quer vingança, quer acabar com a carreira do ‘pipoqueiro’, como ela se referiu ao jogador.

Quando exigiu os serviços do profissional contra Neymar, a mulher disse ao advogado que o processo era apenas por espancamento, mas que depois veio com o assunto do estupro. “Essas mensagens em momento nenhum foram divulgadas por mim, fui pego de surpresa. São conversas confidenciais entre cliente e profissional”, disparou José Edgard.

Sobre os boatos de uma tentativa de extorsão da família do jogador, o advogado alegou que houve, sim, um encontro com os representantes do Neymar, três advogados. Foi espalhado na mídia que o pai do jogador disse que queria uma espécia de ‘cala a boca’ dos advogados da suposta vítima. “Quem me conhece sabe que eu não faria isso, tenho muitos anos de advocacia”, alegou José.

Neymar Jr. foi acusado de estupro (Foto: Reprodução)
Neymar Jr. foi acusado de estupro (Foto: Reprodução)

Ele, então, continuou: “Houve essa reunião, ele me convidou para ir à casa dele e quando eu cheguei lá estavam todos os advogados, ele não estava lá. Quando eu cheguei lá tive todo o cuidado para não me mostrar como ameaça. Ele tentou propor uma outra reunião para uma possibilidade de acordo e isso absolutamente legal e previsto em lei”, explicou o advogado.

Ainda reforçando suas alegações de que a mulher está emocionalmente descontrolada, o advogado relembrou uma das mensagens que foi enviada por ela em tom de ameaça a Neymar. “Estou com raiva, Zé. Eu devia ter matado ele quando tive chance”, escreveu a suposta vítima através do WhatsApp.

+ Longe da TV, Fernanda Gentil lamenta decisão arrasadora da Globo para a sua carreira e desabafa: “Me dói”

De acordo com Alessandro Lo-Bianco, está cancelado o depoimento que o atleta daria na próxima sexta-feira (7). Ele alega que precisa estar em Porto Alegre (RS) com a Seleção Brasileira para disputar um amistoso no domingo (9). Em São Paulo a defesa de Neymar afirma que ele se apresentará de forma espontânea após o depoimento da suposta vítima ser colhido.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Paulo Vito

Paulo Vito é um jornalista que trabalha com celebridades desde 2017 e admira tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades!